Projeto de Cabo Senna cria política de segurança para pontes e viadutos

por Guilherme Machado publicado 23/05/2019 18h55, última modificação 23/05/2019 19h01
Projeto de Cabo Senna cria política de segurança para pontes e viadutos

Foto: Marina Alice

O vereador Cabo Senna (Patriota) apresentou na sessão da manhã desta quinta (23) um projeto de lei que institui a Política de Segurança de Obras de Arte Especiais no Município de Goiânia. O objetivo é criar condições para o efetivo controle, análise, vistoria, inspeção e monitoramento das obras de arte especiais, com base na fiscalização, orientação e correção das ações de segurança acerca das pontes, trincheiras, viadutos e passarelas. 

“Toda estrutura está sujeita a uma deterioração ao longo do tempo, por deficiências de projeto e de construção, agressão do meio ambiente e ausência de manutenção”, explica Senna. 

Segundo ele, a iniciativa do projeto de lei foi baseada no Relatório de Vistoria das Obras de Arte Especiais de Goiânia 2019, elaborado pelo Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA-GO). Ele apontou que quase 80% das pontes e viadutos de Goiânia têm problemas estruturais. Para realizar o trabalho de vistoria técnica, iniciado em 8 de maio de 2012, foi formado um grupo multidisciplinar de engenharia colaborativa, composto por profissionais do CREA-GO, da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), do Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia do Estado de Goiás (Ibape-GO) e consultores independentes, a convite do conselho. 

Conforme o relatório, a maior parte dos acidentes relacionados às obras de arte especiais está diretamente ligada à falta de manutenção e de medidas preventivas de conservação, no que tange aos parâmetros funcionais, estruturais e de durabilidade. A falta de manutenção preventiva também acarreta vários transtornos aos usuários e à sociedade como um todo, como danos à integridade física, perdas materiais e econômicas, redução do comércio local, redução da mobilidade urbana, aumento dos trajetos de deslocamento e perda de horas produtivas em engarrafamentos de trânsito.

Texto da assessoria de comunicação do vereador Cabo Senna