Você está aqui: Página Inicial / Sala de Imprensa / Notícias / Presidente de empresa de fotossensores confirma depoimento para segunda na CEI da SMT

Presidente de empresa de fotossensores confirma depoimento para segunda na CEI da SMT

por Jô Almeida publicado 19/05/2017 16h05, última modificação 19/05/2017 16h05

O presidente da Eliseu Kopp &Cia Ltda, Lino Munaro, se comprometeu a comparecer à Câmara Municipal na próxima segunda-feira, 22 . Ele será ouvido pelos vereadores da Comissão Especial de Inquérito que apura irregularidades na Secretaria Municipal de Trânsito a partir de 8h30min. A Kopp venceu licitação no ano passado para operar fotossensores em Goiânia.

 

O depoimento estava marcado para a última segunda, dia 15, mas Munaro alegou problemas de saúde e enviou como representante o advogado Eduardo Luchesi, que não soube responder as perguntas dos vereadores. “Queremos o compromisso do empresário de que ele vai repassar os equipamentos à prefeitura no fim do contrato e também uma revisão na planilha de custos”, afirma o presidente da CEI, vereador Elias Vaz (PSB).

Preço por faixa

 

Um dos questionamentos dos vereadores ao presidente da empresa será sobre valores estipulados na licitação.  A Kopp estabeleceu para Goiânia o preço de R$1.695 para faixas com fotossensores e R$1.920 para faixas com lombadas e informou, em resposta à contestação das empresas no processo licitatório, que pratica valores mais baixos em outras cidades. Foi verificado custo mais barato, por exemplo, em Santiago, Rio Grande do Sul, de R$1.484,95 por faixa. “Se fossem praticados o mesmo preço, o Município poderia economizar em torno de R$9 milhões”, calcula Elias Vaz.

Com informações da assessoria de imprensa do gabinete do vereador Elias Vaz.