Você está aqui: Página Inicial / Sala de Imprensa / Notícias / Audiência pública debate requalificação da Avenida Bernardo Sayão

Audiência pública debate requalificação da Avenida Bernardo Sayão

por Jô Almeida publicado 06/07/2016 11h46, última modificação 06/07/2016 11h46

 

Foi realizada na manhã de hoje, dia 6, audiência pública para discutir a requalificação da Avenida Bernardo Sayão, que é um pólo de confecção localizado no setor Fama. Iniciativa do vereador Anselmo Pereira ( PSDB), presidente da Câmara Municipal de Goiânia, o evento contou com as presenças de Marcelo Sáfadi ( Superintendente Executivo de Assuntos Metropolitanos da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos), vereador Fábio Lima ( PSB),Cairo Myron Ramos ( Presidente da Associação Comercial e Industrial da Av. Bernardo Sayão e Região), tenente-coronel Henrikson de Souza Lima, Hilton Lázaro Ferreira e Irom José da Silva ( representantes dos proprietários de imóveis na avenida), Marcelo Macedo ( representante da Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade) e diversos comerciantes da região. De importante pólo de moda, a avenida hoje encontra-se praticamente abandonada.

Falando como representante do Governo do Estado, Marcelo Sáfadi se propôs em buscar soluções junto ao Sebrae-Go, afirmando que a Bernardo Sayão precisa de planejamento e posicionamento da moda lá comercializada.

Durante o debate vários pontos foram abordados, como a instalação de uma filial do Vapt-Vupt, o rigor da fiscalização por parte dos órgãos públicos, a informalidade, a proibição de construção de edifícios,  a instalação de um restaurante popular do governo do Estado, calcadas acessíveis, melhoria do visual das lojas instaladas e diversas formas de estratégias para atrair consumidores para a avenida.

Para o vereador Fábio Lima, “é muito triste ver a Bernardo Sayão vazia. Precisamos unir forças para que a avenida possa ressurgir com força. Crise é só um recomeço. Um recomeço com mais audácia”.

Residindo há mais de 55 anos na região, Cairo Myron Ramos destacou que a associação por ele presidida já providenciou um projeto arquitetônico para a Avenida. “Precisamos de compradores de qualidade, que possuam poder de compra”, criticando o valor astronômico dos valores de aluguéis cobrados e o proselitismo sem atitudes.

Anselmo Pereira afirmou que “ vejo com muita esperança a requalificação da avenida para que se possa atrair o público consumidor”. E anunciou que irá marcar audiências no Sebrae, na prefeitura de Goiânia e na Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento para apresentar as propostas colhidas durante a audiência, com ênfase para a instalação de uma unidade do Vapt-Vupt na região e a construção de calcadas especiais na avenida.