Circulação de transporte escolar em faixas de ônibus é discutida em audiência

por Carol Magalhães publicado 19/06/2017 11h16, última modificação 19/06/2017 11h16

O vereador Carlin Café (PPS) promoveu nesta segunda-feira, 19, audiência pública sobre o projeto de lei 21/2017, de sua autoria, que dispõe sobre a liberação de veículos do transporte escolar, devidamente cadastrados junto ao órgão municipal, para transitar nas faixas de ônibus. Segundo ele, a proposta visa evitar o atraso dos estudantes e garantir que eles cheguem às escolas com mais segurança. “A categoria luta para ter o mesmo benefício já concedido aos taxistas. Nada mais do que justo”, complementou.

O presidente do Sindescolar e da Cooperteg, Adilson Humberto de Lellis, contou ainda que esse tipo de permissão já é realidade em várias cidades como Manaus, Sorocaba e Salvador, além da capital federal. “Atualmente, Goiânia dispõe de 338 vans registradas. A autorização vai contribuir para aliviar os congestionamentos. Não dá para pensar em mobilidade urbana sem avaliar a questão do transporte escolar”, frisou.

De acordo com o representante da secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade de Goiânia (SMT), Daniel Mesquita, o órgão está disposto a estudar melhor a matéria, apesar de já ter emitido parecer jurídico desfavorável. Também marcou presença no encontro o vereador Kleybe Morais (PSDC). O projeto de Carlin Café será avaliado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), antes de seguir para votação em plenário.  (Foto: Eduardo Nogueira)